Home / Geral / Cariri / O MUNDO DE HOJE NÃO SE VESTE MAIS TÃO BEM COMO O PESSOAL DAS ANTIGAS

O MUNDO DE HOJE NÃO SE VESTE MAIS TÃO BEM COMO O PESSOAL DAS ANTIGAS

Historicamente, o vestuário evoluiu com a evolução da humanidade e se tornou um reflexo das questões sociais, políticas, religiosas e morais de todas as fases vivenciadas pelo ser humano. Dessa forma, o estudo da história do vestuário implica em um estudo de todos os aspectos da vida, nas diferentes épocas.

Sabemos que a moda quando surgiu veio para ser um diferenciador social, de sexos, pelo aspecto da individualidade e com o caráter da sazonalidade.

A Revolução Industrial fez com que surgisse o setor de negócios da moda, que vive hoje momentos de grande ebulição. Atualmente indústria da moda incorporou parte da diferenciação, mas a profissão de costureira persiste. Existe um grande número de pessoas que, por vários motivos, não abrem mão de ter as suas roupas feitas sob medida por esta profissional. Além da possibilidade de montar um ateliê, para fazer roupas sob medida, o costureiro tem a possibilidade de se empregar em confecções de diversos portes. O setor têxtil e de confecções é reconhecidamente um dos grandes geradores de empregos no Brasil. Dessa forma, aprender a modelar, cortar e costurar pode ser uma grande oportunidade para você se colocar no mercado de trabalho.

Mas o que quero dizer é que quando observo certos conceitos de moda, fico convencido que estamos decididamente regredindo neste aspecto. A juventude anda aderindo a certos conceitos de modas que me deixa entristecido e revoltado, porque nada mais belo que uma pessoa bem vestida. Vejamos al

GLAMOUR DOS ANOS 50

Veja Também

JUSTIÇA ELEITORAL INCAPACITADA DE BARRAR PODER ECONÔMICO NO CARIRI

Estamos nos aproximando do dia 15 de novembro, dia em que acontecerá as eleições municipais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *