Home / Geral / Alto astral / SAIOTAS FAMOSAS E ANÔNIMAS ESTRELAM CAMPANHA “OUTUBRO ROSA”

SAIOTAS FAMOSAS E ANÔNIMAS ESTRELAM CAMPANHA “OUTUBRO ROSA”

Não é novidade, mas também não é demais lembrar que os exames de imagem são fundamentais na detecção e diagnóstico do câncer de mama e de útero, associado, claro à biópsia feita em seguida.

Influenciadoras digitais: Liliane Amorim Dayane Couras Ingryd Sobreira

Há quatro anos, a Medimagem Cariri realiza campanha no “Outubro Rosa- Sua atitude pode salvar vidas” para incentivar a investigação preventiva da doença, através do autoexame, da ida frequente ao médico, e claro, da realização dos exames de imagem, que são os procedimentos que ajudam a descobrir com antecedência para que as pacientes tenham maior chance de cura.

Dessa vez, além de “atriz, modelos e influenciadores digitais do Cariri”, mulheres “anônimas”, que têm câncer ou que estão curadas, foram convidadas para contar suas histórias de luta contra a doença, ou seja, uma oportunidade de mulheres reais ajudarem tantas outras que vivem o mesmo desafio e ainda deixar o alerta para o diagnóstico frequente e precoce. A maioria, por ser mãe, encontrou apoio na família para buscar a cura da doença. A campanha, que é um braço social dentre outras iniciativas da Medimagem, estará não só na rede social, mas na imprensa cearense e em outdoors até o começo do mês que vem.

SOBRE A DOENÇA

Médico Gustavo Saraiva com a influenciadora Leidimoreno


De acordo com o INCA – Instituto Nacional de Câncer, órgão do Ministério da Saúde, a estimativa é de que 66.280 novos casos de câncer de mama para cada ano do triênio 2020-2022. Esse valor corresponde a um risco estimado de 61,61 casos novos a cada 100 mil brasileiras.
Segundo o médico radiologista e um dos diretores da Medimagem Cariri, Gustavo Saraíva, ]

Jornalista Monike Feitosa com Leidimoreno

“O câncer de mama é o que mais mata mulheres e não tem uma causa específica. Pode ser desencadeado por fatores genéticos e comportamentais. Um dos fatores de risco mais comum é a idade, pois 25% dos casos ocorrem em pacientes maiores de 50 anos. No entanto, nesses últimos anos estamos vendo nos exames de imagem de mulheres de meia idade, ou seja, entre 25 e menos de 40 anos, casos de câncer de mama também. O histórico pessoal ou familiar aumenta a chance de desenvolver a doença. Para diagnosticar o câncer de mama, além do exame clínico realizado pelo médico, a mamografia é considerado o “exame padrão ouro”, porque ele ajuda a detectar de 80% a 90% ddos casos de câncer de mama em mulheres que não sentem absolutamente nada. Taí, a recomendação da mamografia ser para mulheres com mais de 40 anos ou as mais jovens que tenham sintomas ou histórico familiar”, explica o radiologista.

Em Juazeiro do Norte, a Medimagem Cariri realiza os principais que são radiografias, ressonância magnética, tomografia computadorizada, mamografia e ultrassonografia. O fator positivo é que esses exames não são invasivos, possuem alta precisão, são indolores e o paciente retoma suas atividades no mesmo dia.

Veja Também

COLUNA DO MARCOS PEIXOTO DESTA SEXTA NO JORNAL “LEIA SEMPRE” ESTÁ FASHION

Eita que a nossa coluna desta sexta-feira no jornal LEIA SEMPRE esá maravilhosa. É lá ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *