Home / Geral / Alto astral / QUATRO CIDADES DO CEARÁ SEM CASOS DE COVID19, DUAS DELAS SÃO DO CARIRI

QUATRO CIDADES DO CEARÁ SEM CASOS DE COVID19, DUAS DELAS SÃO DO CARIRI

Somente quatro municípios cearenses ainda não possuem casos confirmados do novo coronavírus, sendo dois deles no Cariri. Apesar do avanço da Covid-19 no interior do Estado, Altaneira e Granjeiro seguem sem ter pacientes diagnosticados com a doença. Na região Centro-sul, Baixio e Umari também não registram casos.

Essas cidades estão entre as 12 menos populosas do Estado e, em todas elas, os gestores aplicaram ações preventivas antes mesmo da explosão dos casos.

Granjeiro atualmente é a cidade menos populosa do Ceará, com 4.844 habitantes. Segundo dados da Secretaria de Saúde de Ceará (Sesa), o município intensificou seu trabalho preventivo há mais de dois meses. Em 16 de março teve início a implementação de barreiras sanitárias nas duas principais entradas da cidade, a exemplo de Várzea Alegre, primeira a implementar o sistema no Cariri.

A gestão também iniciou a distribuição de máscaras à população e EPIs aos profissionais de saúde, assim como outras cidades da região.

Em Granjeiro, ainda, o atendimento médico nas comunidades rurais, antes feito de porta em porta, agora está concentrado nas unidades básicas de saúde, diminuindo uma possível circulação do vírus. Mesmo sem ter casos, o hospital municipal foi reestruturado.

Já Altaneira, que possui aproximadamente 7.600 habitantes, tem focado suas ações em prevenção, principalmente, através das equipes de saúde da família e das redes sociais. As barreiras sanitárias foram implantadas e estão seguindo os decretos municipal e estadual em relação à entrada de cargas.

Visitantes que possuem algum parente em Altaneira assinam um termo de responsabilidade se comprometendo a ficarem isolados por 14 dias. Outra medida foi proibir a entrada de vendedores, os chamados “crediaristas”, que viajam pelas cidades, ato comum no Interior.

O estabelecimento que receber qualquer um deles está sujeito à multa entre R$ 200 a R$ 2 mil e ter seu alvará suspenso.

Veja Também

PF BAIXA EM FORTALEZA PARA DESMONTAR ESQUEMA DE CORRUPÇÃO EM TEMPO DE CORONAVÍRUS

O que todos esperavam findou por acontecer. A Polícia Federal, através da Operação Dispneia, aterrissou ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *