Home / Geral / Cariri / CACHORRO SIM! MAS JOVENS E CRIANÇAS EM RISCO TAMBÉM SIM(!), EM JUAZEIRO.

CACHORRO SIM! MAS JOVENS E CRIANÇAS EM RISCO TAMBÉM SIM(!), EM JUAZEIRO.

Sabemos que em Juazeiro do Norte tem muita gente trocando o seu cachorro por uma criança pobre, mas nunca em tempo algum vi uma campanha ou incentivo por parte dos poderes executivo e legislativo para que isso se tornasse uma regra.

Hoje recebi um release dando conta que pessoas que adotarem um cão em situação de vulnerabilidade naquela cidade, poderão ter descontos de até 50% em suas contas do IPTU. A ação faz parte de um projeto de indicação de autoria do vereador Valmir Domingos (Cidadania) intitulado “Programa de Resgate de Cães Abandonados” já em tramitação na Câmara Municipal.

No texto, fica sob responsabilidade da Prefeitura a manutenção de um abrigo temporário para os cães abandonados.

O cão a ser adotado terá direito a receber um tratamento veterinário antes da adoção, juntamente com uma casinha para o animal e mais 50% de desconto no IPTU.

Só o que vemos perambulando pelas ruas, praças públicas, bares, restaurantes de Juazeiro do Norte são jovens e crianças pedintes, delinquentes ou drogados. Vejam bem, e não se observa uma atitude mais consistente por parte dos poderes públicos na tentativa de amenizar esta situação.

Não quero dizer que sou contra se buscar ajudar não só cachorros, mas todo tipo de animal desprezado e sobrevivendo por sua própria conta e risco. Mas que o ser humano necessita ser priorizado neste pacote de bonança, disto não tenho a mínima dúvida.

Que o nobre vereador Valmir Domingos complete o seu bondoso projeto, contemplando os jovens e crianças abandonas à própria sorte na Terra do Padre Cícero.

A pretexto, vamos curtir o clip do bom de vera Eduardo Dusek em seu famoso Rock da Ca Cachorra:

Veja Também

URCA E OAB/CE FIRMAM CONVÊNIO PARA FACILITAR QUALIFICAÇÃO DOS ADVOGADOS

A Universidade Regional do Cariri (URCA) realizou convênio com a Ordem dos Advogados do Brasil, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *