Home / Geral / Cariri / VAIAS A PEDRO BEZERRA SÃO REFLEXO DA ENORME ALIANÇA EM TORNO DE CAMILO

VAIAS A PEDRO BEZERRA SÃO REFLEXO DA ENORME ALIANÇA EM TORNO DE CAMILO

Continua dificílima a convivência de opostos no mesmo guarda chuvas do governo Camilo Santana. Uma hora são atritos entre petistas e pedetistas em torno da política nacional, pois que os Ferreira Gomes e os vermelhucos não mais se entendem quando o assunto é o ex-presidente Lula. Ciro Gomes apontou a sua metralhadora giratória contra o líder maior do PT e filiados, provocando uma tensão enorme entre os aliados no Ceará. Mas as divergências não ficam por ai, pois na abertura da Expocrato 2019 os petistas e pedetistas presentes ao evento, entabularam uma tremenda vaia ao jovem deputado federal petebista Pedro Bezerra, tudo porque o mesmo votou pela aprovação da reforma da Previdência Social. Pedrinho votou de acordo com a orientação do líder do PTB na Câmara, Pedro Lucas Fernandes, que orientou os 12 deputados do partido a votarem a favor da reforma da Previdência.

“Não fechamos questão, conseguimos chegar a um entendimento. O relatório avançou muito, retiramos a aposentadoria rural, o BPC, a capitalização. Infelizmente, não deu certo a inclusão de estados e municípios na proposta: só esse ponto que gerou um certo desconforto na bancada, mas vamos entregar os 12 votos,” Orientou o deputado Pedro Lucas à sua bancada petebista.

Quer dizer, Pedro Bezerra, filho varão do prefeito Arnon Bezerra, não podia se posicionar contrário a uma determinação consensual de seu partido e até porque existia dentro dele uma convicção responsável que a Reforma Previdenciária é uma imposição que se impôs em nome da salvação econômica nacional. Pensar ao contrário ou o sujeito é ruim da cabeça ou doente do pé.

Veja Também

OPERAÇÃO POLICIAL “COISAS DE PAI” CHEGOU E ACONTECEU EM JUAZEIRO DO NORTE

Um alimentador de notícias deste blog Caririeisso, vejam bem, entrou em contato com este colunista ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *