Home / Geral / Baixo Astral / MILAGRES: TIROS QUE MATARAM REFÉNS E BANDIDOS FORAM DAS ARMAS DE POLICIAIS

MILAGRES: TIROS QUE MATARAM REFÉNS E BANDIDOS FORAM DAS ARMAS DE POLICIAIS

TRAGÉDIA EM MILAGRES

Laudo da Perícia Forense apontou que os tiros que atingiram e mataram os reféns, além dos assaltantes, na ocorrência de assalto a bancos em Milagres, em dezembro de 2018, partiram de fuzis. O inquérito teria concluído que os assaltantes a banco não utilizaram fuzis na ação, o que apontaria policiais militares envolvidos na operação como responsáveis pelos disparos que mataram as vítimas. As informações são do CETV 2ª Edição de ontem. O laudo ainda não foi oficialmente divulgado, nem as conclusões do inquérito.

No massacre em Milagres, morreram 14 pessoas. Foram seis reféns, sendo que cinco pertenciam à mesma família, e oito criminosos. Após a ocorrência, 12 policiais militares do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) foram afastados das atividades. Oito deles voltaram ao trabalho em janeiro, pois foi considerado que não haviam participado diretamente do confronto.

O POVO entrou em contato com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) indagando sobre o laudo, mas não obteve retorno até o fechamento desta edição.

Veja Também

TRANSTORNO ALIMENTAR PEDIÁTRICO SERÁ TEMA DE CURSO NO CRATO

Os transtornos alimentares afetam uma parcela significativa da população. Quando recortamos o público infantil, as ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *