Home / Geral / Cariri / POLÍCIA FEDERAL INDICIA PRIMEIRA DAMA DO CEARÁ
Primeira dama Onélia Santana

POLÍCIA FEDERAL INDICIA PRIMEIRA DAMA DO CEARÁ

INDICIAMENTO

Por Fernando Ribeiro

Primeira dama Onélia Santana

A Polícia Federal indiciou a primeira-dama do Ceará, Onélia Santana, pelos crimes de associação criminosa, compra de votos e ameaças a eleitores durante a eleição municipal deste ano. De acordo com a PF, Onélia atuou para beneficiar o candidato Fernando Santana (PT), também indiciado. Ele é ex-assessor do gabinete do governador Camilo Santana, do PT.

A investigação começou com a prisão em flagrante de Ana Quitéria, também indiciada. Ela é assessora da primeira-dama. Em 30 de setembro de 2016, dois dias antes da eleição, ela foi pega com R$ 50 mil em dinheiro vivo, guardado em envelopes, junto com material de campanha de Fernando Santana, candidato a prefeito na cidade de Barbalha. Ele acabou derrotado.

A partir da prisão em flagrante da assessora, a PF passou a investigar o caso e descobriu a atuação da primeira-dama e de outras pessoas ligadas a ela. De acordo com a PF, o grupo usaria o dinheiro para comprar votos. A investigação aponta ainda que Onélia ameaçava eleitores que, caso a cidade de Barbalha não elegesse seu candidato, o governo do estado não enviaria dinheiro para o município.

Onélia Santana ainda não se posicionou.

Veja Também

JUSTIÇA ELEITORAL INCAPACITADA DE BARRAR PODER ECONÔMICO NO CARIRI

Estamos nos aproximando do dia 15 de novembro, dia em que acontecerá as eleições municipais ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *