Home / Geral / Baixo Astral / REDES SOCIAIS NO BRASIL CAMINHAM PARA A DESMORALIZAÇÃO

REDES SOCIAIS NO BRASIL CAMINHAM PARA A DESMORALIZAÇÃO

DESVIRTUAMENTO

Dizem que inventaram uma máquina nos Estados Unidos capaz de produzir dinheiro, dai um brasileiro resolveu comprá-la. Negócio fechado, enviaram a máquina para o Brasil por via aérea, mas a máquina ao chegar no Aeroporto paulistano sumiu, roubaram. Quer dizer, tomou destino ignorado.

Como tudo no Brasil vira sururu, não seria difícil pensar que as redes sociais, principalmente o WahtsApp, tomariam destinos completamente diferentes daqueles a que se propõe.

O WhatsApp é usado por mais de 120 milhões de brasileiros – quase a totalidade dos usuários de internet no país. Segundo o Relatório de Notícias Digitais do Instituto Reuters, um dos mais notórios do mundo, o Brasil é um dos países onde o aplicativo é mais popular, atrás apenas da Malásia.

A três dias do 2º turno das eleições, o Instituto Datafolha divulgou pesquisa destacando que metade das pessoas entrevistadas disse acreditar nas mensagens recebidas. Outra metade relatou desconfiança. Levantamento anterior apontou que 46% dos eleitores disseram se informar pelo WhatsApp.

No meio do 2º turno das eleições deste ano, em 17 de outubro, a agência de checagem de informações Lupa realizou levantamento em conjunto com os professores Pablo Ortellado (USP) e Fabrício Benvenuto (UFMG) em que mapeou as imagens mais compartilhadas em um uma amostra de 347 grupos e descobriu que 8% apenas eram verdadeiras.

Oito por cento, pode? Não pode e isso vai findar por desacreditar completamente um instrumento que poderia ser revolucionário na maneira de se fazer campanha política no Brasil, pois que de fácil acesso, fácil manuseamento e barato.

Nós que fazemos o site Caririeisso não nos pautamos nas últimas eleições pelas notícias das redes sociais, embasamo-nos apenas pelo noticiário da grande imprensa como Folha de São Paulo, O Globo, Estadão, Diário do Nordeste. além de sites e blogs de grandes e acreditados jornalistas brasileiros e cearenses.

A reportagem procurou ouvir alguém ligado à Polícia Federal e este aconselhou que todo aquele que se sentir prejudicado pelos famosos fake news, deve procurar uma Delegacia da Polícia Federal para prestar queixa crime.

 

Veja Também

JUAZEIRENSES PRECISAM CUIDAR DA PRAÇA PADRE CÍCERO COM MUITO AMOR

PRAÇA DO AMOR Que a Praça Padre Cícero, centro de Juazeiro do Norte, é do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *