Home / Geral / Baixo Astral / REDES SOCIAIS NO BRASIL CAMINHAM PARA A DESMORALIZAÇÃO

REDES SOCIAIS NO BRASIL CAMINHAM PARA A DESMORALIZAÇÃO

DESVIRTUAMENTO

Dizem que inventaram uma máquina nos Estados Unidos capaz de produzir dinheiro, dai um brasileiro resolveu comprá-la. Negócio fechado, enviaram a máquina para o Brasil por via aérea, mas a máquina ao chegar no Aeroporto paulistano sumiu, roubaram. Quer dizer, tomou destino ignorado.

Como tudo no Brasil vira sururu, não seria difícil pensar que as redes sociais, principalmente o WahtsApp, tomariam destinos completamente diferentes daqueles a que se propõe.

O WhatsApp é usado por mais de 120 milhões de brasileiros – quase a totalidade dos usuários de internet no país. Segundo o Relatório de Notícias Digitais do Instituto Reuters, um dos mais notórios do mundo, o Brasil é um dos países onde o aplicativo é mais popular, atrás apenas da Malásia.

A três dias do 2º turno das eleições, o Instituto Datafolha divulgou pesquisa destacando que metade das pessoas entrevistadas disse acreditar nas mensagens recebidas. Outra metade relatou desconfiança. Levantamento anterior apontou que 46% dos eleitores disseram se informar pelo WhatsApp.

No meio do 2º turno das eleições deste ano, em 17 de outubro, a agência de checagem de informações Lupa realizou levantamento em conjunto com os professores Pablo Ortellado (USP) e Fabrício Benvenuto (UFMG) em que mapeou as imagens mais compartilhadas em um uma amostra de 347 grupos e descobriu que 8% apenas eram verdadeiras.

Oito por cento, pode? Não pode e isso vai findar por desacreditar completamente um instrumento que poderia ser revolucionário na maneira de se fazer campanha política no Brasil, pois que de fácil acesso, fácil manuseamento e barato.

Nós que fazemos o site Caririeisso não nos pautamos nas últimas eleições pelas notícias das redes sociais, embasamo-nos apenas pelo noticiário da grande imprensa como Folha de São Paulo, O Globo, Estadão, Diário do Nordeste. além de sites e blogs de grandes e acreditados jornalistas brasileiros e cearenses.

A reportagem procurou ouvir alguém ligado à Polícia Federal e este aconselhou que todo aquele que se sentir prejudicado pelos famosos fake news, deve procurar uma Delegacia da Polícia Federal para prestar queixa crime.

 

Veja Também

ALERTA GERAL: SALVEM A CAATINGA CEARENSE!

S.O.S CAATINGA Com o título “Alerta vermelho na caatinga”, eis artigo de Gabriel Lima Aguiar, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *