Home / Geral / Alto astral / ALUNOS VOLTAM ÀS AULAS DE MÚSICA NA ESCOLA MAESTRO AZUL, EM CRATO

ALUNOS VOLTAM ÀS AULAS DE MÚSICA NA ESCOLA MAESTRO AZUL, EM CRATO

BANDA PASSAR

O Teatro Salviano Arrais agora é palco das atividades da Escola de Música Maestro Azul (EMMA) com as turmas de flauta doce, teclado, sopro e violão. Após seis meses com as atividades interrompidas, o diretor da escola, o músico Alberto Silva, afirma que “esse tempo foi necessário para ajustes na infraestrutura para melhor receber os alunos”.

Conforme explicou Silva, houve um esforço de todos os professores e também dos gestores municipais para que as aulas de música não parassem. “O prédio da Banda de Música passou por uma reforma e agora está na fase de colocar a espuma, a parte de isolamento acústico, graças ao empenho do secretário de cultura e de nosso prefeito”, complementou.

Conforme explicou o Secretário de Cultura, Wilton Dedê, a administração atual do Crato exige que os equipamentos municipais realizem muito mais do que está na sua descrição. “Quando assumimos a secretaria, a Escola estava com as atividades paradas. Retomamos em 2017 e este ano tivemos que fazer uma reforma da sede da banda e estamos retornando agora”, informou.

As aulas foram retomadas para os alunos veteranos, para concluir o programa iniciado em 2017. Novas vagas serão ofertadas somente em janeiro de 2019. Nas segundas e quartas-feiras, os alunos participam da Banda Mirim e Iniciação Musical. Nas terças e quintas, aulas de flauta doce. As quintas e sextas-feiras são dedicadas às aulas de teclado e violão. Todos os encontros acontecem das 14h às 16h. No total, cerca de 120 pessoas, entre crianças e idosos, participam das turmas.

“O Crato há algum tempo formou várias bandas através da escola do Sesi. E isso era um aporte para vários músicos e bandas. Inclusive, vários músicos da banda de música saíram de lá. Hoje só temos a Vila da Música, que é distante do Centro. E, tem também a da UFCA. A EMMA aparece como uma oportunidade única para as pessoas do centro da cidade ter acesso à aulas de música. Ela é ímpar porque leva essa oportunidade à toda comunidade. Então, é mais um caminho para a música”, comentou Dedê.

Para Alberto Silva, “a escola é essencial para dar suporte para retirar crianças e adolescentes da ociosidade; para proporcionar atividades culturais e ampliar o conhecimento das pessoas da terceira idade. O nosso objetivo não é formar artistas, mas formar cidadãos”, frisou.

Veja Também

IN CHARGE OF POMPEU VASCONCELOS, FOI INAUGURADA A BOATE LIVING EM FORTAL

AGRADECIMENTO Agradecido ao querido amigo e colega Pompeu Vasconcelos, great social columnist of Diário do ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *