Home / Geral / Alto astral / ALEMBERG QUINDINS ESTÁ PROJETANDO CULTURA JUAZEIRENSE PARA O FUTURO

ALEMBERG QUINDINS ESTÁ PROJETANDO CULTURA JUAZEIRENSE PARA O FUTURO

ALTO ASTRAL

Secretário Alemberg Quindins
Secretário Alemberg Quindins

A Consultora em Gestão Cultural, Mercê Parente, esteve reunida na última sexta-feira, na Coordenação de Cultura de Juazeiro do Norte, com a equipe da coordenadoria, para debater as diretrizes relacionadas aos novos parâmetros na área cultural, no âmbito das políticas estadual e nacional de cultura. Ela foi gestora de políticas públicas para a Cultura no Governo Federal e trabalhou no mapeamento de organizações sociais no Brasil que trabalham com cultura e turismo. A partir desse trabalho, conheceu, há 17 anos, Alemberg Quindins e a Fundação Casa Grande, e passou a atuar desde então como voluntária amiga da entidade.

Na referida reunião, Mercê Parente aponta alguns nortes para um pleno funcionamento da Secretaria de Cultura e seus equipamentos. Entre eles, as Políticas Estadual e Nacional de Cultura que possuem ações pautadas em planejamentos consistentes e de longo prazo, como também o Plano de Governo para a Cultura do Prefeito Arnon Bezerra.

De acordo com Mercê Parente, a partir dessas três instâncias, sua orientação consiste em elaborar um planejamento para os próximos 04 anos de gestão que envolva toda a equipe da Cultura, incluindo os diretores dos espaços como Biblioteca Pública Municipal, Teatro Marquise Branca, Núcleo Marcos Jussier e Fundação Memorial Padre Cícero.

O Coordenador de Arte e Cultura de Juazeiro do Norte, Alemberg Quindins, afirma que a experiência administrativa que Mercê possui no setor público e a sua disponibilidade em contribuir na fundamentação das diretrizes que virão a reger a nova Secretaria de Cultura do Município são de fundamental importância nesse momento. “Essa primeira fase da Cultura nessa Gestão é um trabalho estrutural. Com essa base queremos iniciar um trabalho fundamentado em uma solidez para que a cultura regional tenha também um viés universal”, frisa Alemberg Quindins.

 

 

Veja Também

APESAR DOS PESARES, O PACOTE ANTICRIME FOI UMA VITÓRIA ESPETACULAR DO MORO

Como diz o velho ditado, cada um puxa a brasa para sua sardinha, e os ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *